26 de dez de 2010

Pílula do Dia Seguinte: uma questão de urgência

A procura de anticonceptivos de emergência em postos de saúde e farmácias nas segundas-feiras é um forte indicativo de que a população não está se prevenindo ou não domina os métodos contraceptivos.

A pílula do dia seguinte, que se popularizou no final na década de 90, tem sido uma alternativa muito utilizada entre os jovens. Entretanto, pesquisadores das Universidades Federais de SP, SC, GO e RN, através de uma consulta realizada com 588 estudantes, notaram o pequeno conhecimento deste método nesta faixa etária.

Os resultados apontaram:
  • 96% dos consultados já tinham ouvido falar sobre anticoncepção de emergência;
  • 19% sabiam para quais situações ele é indicado;
  • 35% consideravam o método abortivo;
  • 81% achavam que traz riscos à saúde;
  • 40,7% sabiam que a anticoncepção de emergência deveria ser usada até 72 horas do intercurso sexual desprotegido;
  • 48% dos entrevistados achavam que a mulher tinha de 24 a 48 horas para usá-la;
  • Das 182 meninas que afirmaram conhecer o método, 41,8% referiram já ter feito uso;
  • Dos 143 meninos que também responderam ter conhecimento sobre o assunto, 22,4% relataram que a parceira tinha usado;
  • 5,3% das meninas adquiriram o medicamento por meio de prescrição médica;
  • Dentre os adolescentes que nunca utilizaram o método, 47,1% das meninas declararam que usariam e 35,9% relataram que não sabem se utilizariam;
  • Entre os homens, 48,7% aconselhariam sua parceira a usar anticoncepção de emergência se fosse necessário, 34,4% não aconselhariam o uso e 16,9% não sabem se aconselhariam;
  • 30% dos jovens participantes da pesquisa estavam correndo risco de gravidez não planejada e/ou aquisição de doenças sexualmente transmissíveis nestes intercursos desprotegidos;
  • Dentre os principais motivos do não uso do método, do não aconselhamento e de não saber se usariam ou aconselhariam, os jovens relataram a falta de informação, os possíveis efeitos colaterais, as complicações para a mulher e para o feto no caso de gravidez e a percepção sobre a pílula ser abortiva.

Desta forma, podemos constatar que a grande maioria dos entrevistados não domina as indicações, o uso correto e as possíveis reações adversas.

A pílula anticoncepcional de emergência é um recurso importante para evitar uma gravidez indesejada. Seu uso deve ser reservado para situações excepcionais, e não deve ser usada em substituição a outros métodos anticoncepcionais. É indicada nas situações de falha de outros métodos (rompimento da camisinha, esquecimento de tomar pílulas ou injetáveis, deslocamento do diafragma ou do DIU, uso incorreto dos métodos comportamentais), de violência sexual ou de relação sexual sem uso de método anticoncepcional.

É indicado tomar até 72 horas após a relação sexual desprotegida. Entretanto, sua eficácia é maior quanto mais precoce for o seu uso. E como em todos os outros métodos contraceptivos, ela não é 100% segura! Podem ser notadas algumas reações adversas: dor de cabeça, irritabilidade, sensibilidade nos seios, alteração na ovulação e no ciclo menstrual, náuseas, vômitos, diarréia e outras.

Apesar de ser exigida uma prescrição médica para aquisição deste anticoncepcional, podemos notar a facilidade na sua compra. Então, é preciso um maior controle das dispensações com o cumprimento da lei e um maior comprometimento com a saúde pública.

Vale lembrar também que a pílula de emergência é distribuída pelo Ministério da Saúde aos municípios que possuem população igual ou superior a 50.000 habitantes.

Dentre várias formas de se evitar uma gravidez, a camisinha, quando usada de forma correta, ainda é o método mais seguro e indicado, pois também impede o contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DST). 

Autor: João Emanuel 

 

Oportunidades - 20/12 a 26/12


PROMOTOR DE VENDAS

Segmento: Multinacional no ramo Farmacêutico e Químico
Horário: 08:00 às 18:00 horas
Escolaridade: 2º grau completo ou superior cursando
Experiência: Manter e melhorar a presença dos produtos, colocar os produtos em pontos estratégicos dentro dos pontos de vendas, acompanhar ações promocionais, montar materiais promocionais, realizar treinamentos para farmacêuticos e balconistas, apresentar e introduzir novos produtos, cadastrar e atualizar informações dos produtos aos clientes, fazer levantamento de preços e outras informações da concorrência quando requisitado.
Conhecimentos imprescindíveis: Bom português (escrita e fala), Word, Excel, internet. Possuir carro próprio.
Salário + Benefícios
Enviar cv: luciana@solucoesempresariaisrh.com.br colocando no assunto: Promotor de vendas.

FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO
Horário: 08:00 as 18:00
Local: Santa Efigenia
CV para: gerencia@farmacialantana.com.br

REPRESENTAÇÃO ANALÍTICA
A Analítica está buscando candidatos para integrar seu corpo de vendedores técnicos nas áresa de consumíveis para laboratórios de instrumentos científicos junto a órgãos públicos e privados. Formação em química, eng. química ou farmácia. Expl de 1 ano em vendas exernas e conhecimentos em cromatografia e espectrometria. Inglês avançado para leitura e conversação. A empresa oferece contratação pela CLT, salário fixo + comissões, assistência médica, vale refeição, seguro de vida, etc. Enviar cv com pretensão salarial para rh@novanalitica.com.br sob o Cód. CONSMG

EMPREGO VENDEDOR DE PRODUTOS MÉDICOS
Empresa multinacional de grande porte do setor médico hospitalar.
Pré requisitos:
• Escolaridade:Superior completo
• Idioma:Inglês
• Necessário experiência comprovada com vendas de produtos médicos e equipamento hospitalar.
• Salário:a combinar
Local da vaga: Minas Gerais/BR (1 vaga)

www.vagas.com.br/v332061

FARMACÊUTICO COORDENADOR DE PRODUÇÃO
Descrição das atividades: Coordenar as atividades do setor de preparo, envase, esterilização e inspeção óptica de medicamentos, assegurando exatidão na utilização de matéria-prima, implementando ações corretivas e/ou preventivas nos processos, visando a otimização da produtividade. Emitir relatórios diários de produção para a gerência de produção, verificando o cumprimento da programação do dia anterior, identificando anomalias e buscando soluções, para prestar informações à liderança. Acompanhar auditorias internas e externas, apresentando propostas e sugerindo a implementação de ações corretivas, para erradicar inconformidades e otimizar processos. Garantir o desenvolvimento profissional do pessoal sob sua liderança, realizando treinamentos operacionais para otimizar a produtividade. Participar de auditorias internas, certificando-se do cumprimento de procedimentos, registrando conformidades e não-conformidades para garantir a eficiência do sistema da qualidade.
Requisitos: Seis meses de experiência na função de coordenador de produção em indústria farmacêutica. Conhecimentos em informática.
Faixa Salarial: De R$ 3.001,00 a R$ 4.000,00
Benefícios: Assistência Médica / Medicina em grupo, Assistência Odontológica, Cesta básica, Convênio com farmácia, Participação nos lucros, Restaurante na empresa, Transporte fornecido pela empresa, Vale-transporte.
Horário: De segunda a sexta, das 7h às 16h48.
lucianebatista@hipolabor.com.br

PASSO PONTO DROGARIA BEM LOCALIZADA 
Nome: Monteiro
E-mail: pdpm@yahoo.com.br
Telefone: (31)9893-1177
 Passo o ponto 30 anos como Drogaria no Bairro Concórdia, ótima estrutura sem concorrência, área comercial, instalação nova, excelente carteira de cliente.
www.drogariabrasil.net.br
Aceito carro no negócio.Valor R$39.980,00

VENDO DROGARIA 
Nome: Gustavo
E-mail: avenida.drogaria@yahoo.com.br
Telefone: (35)8877-3866
Vendo uma drogaria no sul de MG. Bem localizada com clientela formada, documentação em dia. Valor R$37 mil. Motivo da venda: mudança.

VENDO FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO /DROGARIA 
Nome: Fabrício
E-mail: fabriciobiofarma@yahoo.com.br
Telefone: (31)83804626

Livro Digital: Hair and Scalp Diseases

20 de dez de 2010

A orientação que salva


É crítica a situação da ampla maioria das farmácias que integram a Rede SUS (Sistema Único de Saúde). São como um navio sem capitão, entregues à própria sorte. Setenta por cento delas tem como responsáveis, não o farmacêutico, mas pessoas leigas em medicamentos. Nessas condições, essas farmácias estão inferiorizadas, transformadas em meros pontos de entrega de produtos farmacêuticos a pacientes quando, em verdade, tem o nobre papel de ser um espaço para a promoção da saúde, para a orientação sobre o uso correto e racional de medicamentos, do acompanhamento farmacoterapêutico e de educação sanitária, o que só é possível, se estiverem sob a responsabilidade do profissional do medicamento: o farmacêutico.

Há mais de dez anos, venho alertando as autoridades sanitárias para os impactos negativos causados pela má destinação das farmácias do SUS, devido ao fato de não estarem sob a responsabilidade técnica do farmacêutico. Nas farmácias hospitalares, o farmacêutico recebe a prescrição, analisa-a, dispensa o medicamento e faz o acompanhamento farmacoterapêutico. A dispensação é um ato cercado de cuidados científicos e técnicos, que traz vantagens para o paciente e para o Sistema.

O número de relatos e denúncias sobre problemas relacionados à ausência de farmacêuticos é grande. Agora mesmo, o Brasil acompanha, penalizado, o caso da menina Stephanie, que morreu, na madrugada do dia 04.12.10, ao receber uma aplicação na veia de 50 ml de vaselina líquida. Erros dessa natureza poderiam ser evitados, se os estabelecimentos mantivessem farmacêuticos, em suas farmácias, para dispensar o medicamento.

Uma farmácia sem farmacêutico representa um perigo para a população, porque expõe os usuários de medicamentos a situações de risco. Isso, porque os usuários ficam privados da dispensação, da orientação, entre outros serviços profissionais. As ações farmacêuticas contribuem para o sucesso da terapia prescrita pelo médico. Quando se trata de medicamentos, todo cuidado é pouco, pois o que o separa de um tóxico letal é a dose e a orientação (ou falta desta) sobre o seu uso.

Eis um produto que só adquire o seu real sentido – o de medicamento -, quando o seu uso é devidamente orientado pelo farmacêutico. Privar o paciente de ter acesso à orientação gera insegurança, tornando o uso suscetível a problemas, como reações indesejáveis, efeitos colaterais, interações medicamentosas, intoxicações e não adesão do paciente ao tratamento, fatos que podem resultar no seu retorno ao SUS, em geral, com o quadro de saúde mais grave e com custos sociais e financeiros mais elevados.

A não adesão contribui para a recidiva ou reaparecimento de doenças. Também, torna prematuro o aparecimento de suas complicações. A médica endocrinologista Denise Reis Franco (SP), Coordenadora do Programa de Educação da ADJ (Associação de Diabetes Juvenil), informou-me que 47% das pessoas diabéticas interrompem o tratamento na primeira caixa do medicamento, descontinuando (ou não aderindo) a terapia. O que falta? Orientação farmacêutica. Educação.

E o Ministério da Saúde sabe disso. Tanto que criou, em parceria com a ADJ, o Conselho Federal de Farmácia e outras entidades de saúde, um curso para qualificar farmacêuticos que atuam em farmácias comunitárias (comerciais), para que prestem serviços de educação em diabetes.

Estima-se que, nos países de Primeiro Mundo, gasta-se menos de 10% com medicamentos, enquanto, nos de Terceiro Mundo, os gastos chegam a 40% das verbas destinadas à saúde pública. E pode estar no desperdício uma grande fatia desse gasto excessivo. Parte do desperdício vem exatamente da falta de gestão qualificada em medicamentos e da falta da informação adequada aos pacientes. Esta leva ao insucesso terapêutico, à não adesão ao tratamento prescrito.

O desperdício é um problema aflitivo. Ele corrói o caixa do SUS e faz com que faltem produtos para quem deles necessita. O desperdício é fruto de um feixe de erros, que começa na aquisição de medicamentos sem critérios técnicos e científicos. Sem respaldo científico, os leigos que ocupam o comando das farmácias ligadas ao SUS, em vários Municípios, participam da compra de medicamentos sem a realização de um prévio mapeamento epidemiológico. Esse mapeamento, ressalto, deve contar com a participação de farmacêuticos.

Gostaria de deixar claro que os farmacêuticos são os profissionais qualificados, técnica e cientificamente, para fazer a dispensação do medicamento ao paciente. Dispensar é um conjunto de serviços executados à luz das ciências e técnicas farmacêuticas, e é exclusivo e indelegável dos farmacêuticos. Ninguém mais está qualificado, nem autorizado legalmente a dispensar medicamentos.

Bem, depois de vários documentos enviados e de apelos verbais feitos a autoridades, agora, vem a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e divulga uma pesquisa que revela que sete em cada dez responsáveis pelas farmácias do SUS não são farmacêuticos. A pesquisa diz, ainda, que a maioria (58%) dos profissionais que estão atuando nas farmácias do Sistema é da área da enfermagem.

Além de tudo o que já disse (os perigos de deixar uma farmácia nas mãos de leigos), ressalto que há uma incoerência imperdoável na conduta do Ministério da Saúde, gestor do SUS: o descumprimento da Lei 5991/73 e das normas que o próprio Órgão criou, determinando que farmácias só funcionem com a atuação do farmacêutico. Agindo assim, o Ministério faz crer que dá uma declaração de que aceita o exercício ilegal da profissão farmacêutica em seus domínios (o SUS). A orientação farmacêutica é uma ação imprescindível, porque salva vidas.

Autor: Jaldo de Souza Santos

19 de dez de 2010

Oportunidades - 13/12 a 19/12


EMPREGO DE PROPAGANDISTA - BELO HORIZONTE
Empresa multinacional no segmento de oftalmologia oferece oportunidade temporária para 3 meses, tendo possibilidade para renovação pelo mesmo período.
O profissional irá realizar visitas a óticas, consultórios oftalmológicos para a promoção dos produtos da empresa.
É imprescindível Carteira Nacional de Habilitação B, e experiência na função.
Local da vaga: Belo Horizonte/MG.
http://www.vagas.com.br/v328846

EMPREGO FARMACÊUTICO ANALISTA DE DESENVOLVIMENTO GALÊNICO - MG
Local de Trabalho : Sabará / MG.
Descrição: Analisar e acompanhar o desenvolvimento de novos produtos da empresa realizando testes laboratoriais e pilotos e identificando a eficácia de medicamentos durante o prazo de validade, para cumprir com a visão da empresa.
Seis meses de experiência na área.
Ensino Superior em Farmácia.
Conhecimentos nos equipamentos de produção.
Benefícios: Assistência Médica / Medicina em grupo, Assistência Odontológica, Cesta básica, Convênio com farmácia, Participação nos lucros, Restaurante na empresa, Transporte fornecido pela empresa
Regime de contratação: CLT (Efetivo)
Horário: De 7h às 16h48, de segunda a sexta.
Faixa Salarial: De R$ 2.001,00 a R$ 3.000,00
Idiomas: Inglês (Intermediário).
lucianebatista@hipolabor.com.br

VENDO FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO VETERINÁRIA 
Nome: Farmácia Veterinária
E-mail: veterinaria.farmacia@yahoo.com.br 
Tel. (31) 3212.1157
Rua Guajajaras, 176, loja 178, Centro.

ANÁLISES CLÍNICAS - HOSPITAL
Farmacêutico Bioquímico.
Enviar currículo para laboratorio.hc@mariopenna.org.br
Enviar com pretensão salarial e disponilidade de horário.
Escrever no assunto: vaga farmacêutico.

DIRETOR TÉCNICO PARA FARMÁCIA HOMEOPÁTICA
Horário: 4 horas diárias.
Local: Santa Efigênia - Belo Horizonte - MG.
Farmácia de manipulação alopática e homeopatica.
CV para o e-mail: liklier@yahoo.com.br

Livro Digital: Handbook Of Food Drug Interaction

12 de dez de 2010

Oportunidades - 06/12 a 12/12

EMPREGO FARMACÊUTICO GERENTE DE GARANTIA DA QUALIDADE – BH
Formação superior em Farmácia, experiência na área de garantia na área gerencial.
Todos os currículos deverão ser encaminhados com pretensão salarial. thais@doctorrh.com.br

EMPREGO FARMACÊUTICO GERENTE DE PRODUÇÃO – BH
Formação superior em Farmácia, experiência com produção de pós injetáveis, indispensável ter experiência na área gerencial.
Todos os currículos deverão ser encaminhados com pretensão salarial. thais@doctorrh.com.br

DROGARIA
Horário: Manhã
Local: Comerciários - Belo Horizonte - MG
CV para o e-mail: edi.jade@hotmail.com

FARMÁCIA OU DROGARIA
Horário: integral
Local: Prado e Barroca - Belo Horizonte - MG
Mínimo de 3 anos de experiência, se apresentar comprovação de cargo de gerencia ponto positivo.
CV para o e-mail: drogahumbarroca@bol.com.br

ANALISTA DE DESENVOLVIMENTO GALÊNICO
Cargo: Indústria Farmacêutica, Cosmética ou Correlatos
Local: Borges - Sabará - MG
Analisar e acompanhar o desenvolvimento de novos produtos da empresa realizando testes laboratoriais e pilotos e identificando a eficácia de medicamentos durante o prazo de validade, para cumprir com a visão da empresa.
Seis meses de experiência na área.
Ensino Superior em Farmácia.
Conhecimentos nos equipamentos de produção.
Benefícios: Assistência Médica / Medicina em grupo, Assistência Odontológica, Cesta básica, Convênio com farmácia, Participação nos lucros, Restaurante na empresa, Transporte fornecido pela empresa
Regime de contratação: CLT (Efetivo)
Horário: De 7h às 16h48, de segunda a sexta.
Faixa Salarial: De R$ 2.001,00 a R$ 3.000,00
Idiomas: Inglês (Intermediário)
Interessados deverão encaminhar currículo para lucianebatista@hipolabor.com.br

VENDO DROGARIA COM FARMÁCIA POPULAR
Nome: Léo
E-mail: drogariaurca@yahoo.com.br
Telefone: 3475-4842
Vendo drogaria completa, grande estoque, com farmácia popular, mobiliário novo, toda documentação atualizada e sem dívidas. Excelente ponto comercial, com mais de 12 anos de clientes fidelizados (e mais de 20 anos de funcionamento no mesmo local). Entrar em contato com Léo: 3475-4842.
Rua Guajajaras, 176, loja 178, Centro.

COMPRO FARMÁCIA
Nome: Vany
E-mail: vanymferreira@yahoo.com.br
Telefone: 3198009228
Quero comprar farmácia de manipulação com Drogaria.

Jogo dos 7 erros - erros nos atendimentos de saúde


Descobrir os 7 erros neste joguinho é muito fácil.

Agora distinguir as diferenças entre 2 frascos praticamente idênticos requer um pouco mais de destreza!

Em São Paulo, mais um erro fatal tirou a vida de Stéphanie dos Santos Teixeira, 12 anos. Com um quadro clínico típico de virose, a pequena paciente recebeu a indicação medicamentosa de soro fisiológico no tratamento de uma desidratação. Entretanto, por engano, recebeu vaselina líquida em sua corrente sanguínea.

Realmente os frascos são muito parecidos. E segundo o advogado da auxiliar de enfermagem responsável pela aplicação, a etiqueta foi identificada com o mesmo tipo de letra e a posição e a diagramação no recipiente eram idênticas.


Embora encontremos algumas dificuldades naquelas prescrições ilegíveis e em rótulos semelhantes, todos os profissionais que estão envolvidos no atendimento ao paciente devem ser treinados, orientados e capacitados para distinguir um tratamento equivocado do correto.

E mais, o ambiente de trabalho pesado, com cargas horárias exaustivas, falta de incentivo e reconhecimento, e baixos salários comprometem qualquer terapia eficaz.

Enquanto não estabelecemos melhorias de trabalho e qualificação profissional, mais erros primários e outras perdas irreversíveis ocorrerão.

Autor: João Emanuel 

Livro Digital: Harrrison - Medicina Interna 16 ed.

6 de dez de 2010

Concurso Público: uma visão crítica


O Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de Minas Gerais publicou uma nota que contesta os baixos salários oferecidos nos concursos públicos. Em contrapartida ao maior interesse deste  vínculo empregatício, a estabilidade, os proventos são totalmente desestimulantes.

O pior caso pode ser notado nos editais às vagas municipais. Carga horária de 40 à 44 horas semanais e um salário que não corresponde ao valor do ato farmacêutico. Podemos notar com frequência uma remuneração de maior recompensa às vagas de ensino médio. E dessa forma, banaliza o exercício de uma profissão de tamanha importância para a população.

A minha indignação é, certamente, intensificada por uma dezena de outros profissionais que, na busca de uma melhoria trabalhista, se depara com esta infeliz situação. Daí a importância de ecoar as manifestações para uma retribuição ajustada ao preço de nossos serviços.

Já a relação de emprego no setor privado será discutida em outra hora.

"Servidor público é o termo utilizado para designar as pessoas físicas que prestam serviços ao Estado
e às entidades da Administração Indireta, com vínculo empregatício e mediante remuneração paga
pelos cofres públicos. [...] O regime estatutário possui determinadas peculiaridades. Neste regime o servidor é nomeado através de um ato unilateral, ingressando numa situação jurídica já delineada, sem poder modificá-la, pois são regidos por um estatuto que é uma lei. O regime celetista é regido pelo Direito do Trabalho e disciplinado pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT."

Para mais informações sobre as relações de trabalho do servidor público: AS RELAÇÕES DE TRABALHO DO SERVIDOR PÚBLICO: REGIME ESTATUTÁRIO X REGIME CELETISTA

Links interessantes para os concurseiros:
Boa sorte!

Autor: João Emanuel 

Livro Digital: Pharmacotherapy 6th ed.

Oportunidades - 29/11 a 03/12


DIRETOR TÉCNICO SUBSTITUTO
29/11/2010
Farmácia de manipulação.
Horário: 08:00-12:00 14:00-18:00.
Local: centro – BH.
Farmacêutica substituta por 8 meses. Preferência com experiência em farmácia de manipulação.
Currículos: ssdrogas@gmail.com

EMPREGO DE COORDENADOR ANALÍTICO DE BIOEQUIVALÊNCIA - SUL DE MINAS
Pós graduação em assuntos relacionados à bioequivalência. Conhecimento da etapa analítica de estudos de bioequivalência, com participação em, no mínimo, 20 estudos. Conhecimento de Informática. Desejável possuir participação em, no mínimo, 10 pesquisas para desenvolvimento e validação de metodologias bioanalíticas; Inglês intermediário

Principais atividades do cargo:
Elaborar junto ao pesquisador principal, o cronograma dos estudos;
Verificar a necessidade de elaboração e revisão dos procedimentos;
Realizar conferência dos relatórios emitidos pelo setor;
Elaborar protocolos e relatórios dos estudos;
Gerenciar toda condução da etapa analítica;
Administrar e controlar os problemas encontrados na condução da etapa analítica;
Identificar as necessidades de aquisição de recursos humanos, equipamentos e materiais no que se refere à etapa analítica, garantir o atendimento à demanda dos estudos;
Planejar a execução dos treinamentos necessários para atender os requisitos das normas;
Definir prioridades e direcionar as atividades do setor;
Realizar inspeções internas junto à Garantia da Qualidade;
Ser responsável pela execução de todas as atividades conforme normas de Segurança, Higiene e Biodisponibilidade/Bioequivalência;
Responder as inspeções da Vigilância Sanitária;
Manter-se atualizado em relação às legislações sanitárias, normas, publicações vigentes e específicas da área;
Promover a gestão de pessoas, acompanhar, desenvolver e orientar colaboradores quanto às políticas da empresa.

Benefícios oferecidos:
Alimentação na empresa
Estacionamento
Seguro de vida
Medicamentos
PLR

Currículos: talentosatitude@yahoo.com.br


COMPRO FARMACIA DE MANIPULAÇÃO
30/11/2010
Nome: Guilherme Cardoso.
E-mail: guilhermeteicar@hotmail.com
Telefone: (31) 3474-4333
Estou a procura de uma farmácia de manipulção pra comprar.


VENDO DROGARIA
01/12/2010
Nome: Newton Monteiro.
E-mail: npdpm@yahoo.com.br
Telefone: 31-9893-1177/3444-6688
Vendo uma drogaria com mais de 30 anos. Vendo sem a razão social, bem localizda, sem concorrência
Site: www.drogariabrasil.net.br

COMPRO DROGARIA OU LABORATÓRIO
01/12/2010
Nome: Julio
e-mail: juliocesarmatipo@hotmail.com
Telefone: 31 99669849
Compro laboratório ou drogaria na grande BH.

VENDO DROGARIA
03/12/2010
Nome: Eduardo Luiz Leopoldino
e-mail: edulleopol@yahoo.com.br
Telefone: 31 34850922
Drogaria ótimo ponto, 10 anos. Fatura 120.000,00/ano.
Preço: R$70.000,00. Facilito R$35.000,00 a vista + 6 vezes.

28 de nov de 2010

Novas regras para venda de antibióticos - RDC N° 44

As infecções causadas pela superbactéria KPC neste último semestre serviram de alerta para que os órgãos sanitários no Brasil tomassem algumas medidas sobre o uso indiscriminado de antimicrobianos (segundo os dados da OMS, mais de 50% das prescrições de ATB no mundo são inadequadas).

A partir deste domingo (28/11/2010) novas regras foram definidas para a venda de antibióticos em farmácias e drogarias. De acordo com a RDC N° 44, de 24 de outubro deste ano, que dispõe sobre o controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos, de uso sob prescrição médica, isoladas ou em associação e dá outras providências, as prescrições somente poderão ser dispensadas quando apresentadas de forma legível e sem rasuras, as seguintes informações:

- nome do medicamento ou da substância prescrita sob a forma de DCB, dosagem ou concentração, forma farmacêutica, quantidade (em algarismos arábicos e por extenso) e posologia;

- identificação do emitente: nome do profissional com sua inscrição no Conselho Regional ou nome
da instituição, endereço completo, telefone, assinatura e marcação gráfica (carimbo);

- identificação do usuário: nome completo;

- identificação do comprador: nome completo, número do documento oficial de identificação,
endereço completo e telefone (se houver);

- data da emissão;

- identificação do registro de dispensação: anotação da data, quantidade aviada e número do lote,
no verso.

Também, a dispensação destes medicamentos de venda sob prescrição somente poderá ser efetuada mediante receita de controle especial, sendo a 1ª via - retida no estabelecimento e a 2ª via - devolvida ao paciente.

Dentre tantas mudanças legais que vieram - de forma positiva - controlar o uso e a venda destes medicamentos, ainda devemos questionar se a população irá fazer o uso correto e como serão aviadas as prescrições em um sistema de saúde deficiente que nem sempre consegue fazer um atendimento de forma adequada e racional.

É interessante levantarmos a objeção de que estas resoluções são desenhadas com a ajuda de uma CONSULTA PÚBLICA, que fica disponível para darmos a nossa contribuição e sugestões ao estabelecimento de novas regras que serão, posteriormente, impostas à sociedade. Entretanto, estas informações já limitadas à um público seleto não alcança a opinião da grande maioria dos brasileiros. E novamente quem sofre os maiores danos é a população marginalizada intelectualmente, financeiramente e socialmente.

Autor: João Emanuel 

Livro Digital: Medical Physiology (GUYTON, 11a ed.)

Oportunidades - 22/11 a 28/11

Gerente Distrital
Local: Belo Horizonte/MG
Imprescindível experiência na área comercial em Indústria Farmacêutica
Experiência em Gestão de pessoas
Habilidade de coaching/treinamento
Domínio de ferramentas e métricas para monitorar a efetividade da força de vendas: sistema de visitação médica, ferramentas de auditagem (close-up, Inestra e IMS-DDD)
Disponibilidade para viagens
Encaminhar currículo com o código Gerente Distrital para rh@captativa.com.br

Farmacêutico – Drogaria
Local: Saudade - Belo Horizonte
Entrar em contato pelos telefones: (31) 3643-7391 / 9904-7391/ 9778-5044 ou e-mail drogariabomsucesso@hotmail.com

Compro drogaria
Nome: Alex
E-mail: aelvs8@hotmail.com
Telefone: (31)88112825

Vendo farmacia de manipulação /drogaria 
Nome: Fabricio
E-mail: fabriciobiofarma@yahoo.com.br
Telefone: 31-83804626
Vendo farmácia de manipulação/drogaria com farmácia popular,sem dívida,com alvará em dia , no centro da cidade, clientela formada ,com convênio.

Venda de Manipulação e Drogaria
Nome: Erick / Marilda
E-mail: farmaciamanipulacao@hotmail.com
Telefone: 035-8806-3985
Vendo Manipulação e Drogaria no sul de minas, localizada no centro da cidade com AFE, AE, Farmácia Popular, Alvará SUS, SNGPC todos ativos. Marca forte 43 anos.

21 de nov de 2010

Dia 25 de novembro: Dia Nacional do Doador de Sangue

No ano de 2009 fiz parte de um grande grupo de profissionais na Fundação HEMOMINAS. Neste período realizei inúmeros exames imunohematológicos de doadores e de pacientes de todo o estado de Minas Gerais. Foi então que tive a consciência da importância da doação sanguínea. Há milhares de hepatopatas e de pessoas que precisam de transfusões. No entanto, infelizmente, a “demanda é maior que a oferta”.

Enquanto não produzimos sangue em laboratório a partir de células da pele – como tem sido estudado pelos cientistas do Canadá (veja em: http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,cientistas-canadenses-produzem-sangue-a-partir-de-celulas-da-pele,636676,0.htm) – devemos continuamente fazer a doação, que representa um gesto honroso e esperança de vida para muita gente.

Então, convide os seus amigos e familiares para este exercício de cidadania e amor ao próximo. Divulgue esta idéia!

Informações que podem ser úteis antes de se tornar um doador:

Todo candidato é entrevistado por um médico, que fará perguntas de caráter pessoal e íntimo;
Todas as suas informações serão mantidas em rigoroso sigilo;
No ato da doação é preciso apresentar algum documento original de identidade com foto (ID, CNH, Carteira de Trabalho);
Após alguns dias da doação é enviado àquele uma bateria de resultados sanguíneos;
A equipe do HEMOMINAS é altamente qualificada e sempre disposta a esclarecer dúvidas e curiosidades;
Para uma doação tranquila o candidato deve vestir roupas confortáveis e programar o seu dia para a doação;
Não há custos;
Doar sangue é fácil, seguro e não dói.

Dentre outras, é necessário:

Ter e estar com boa saúde;
Ter idade entre 18 e 65 anos;
Pesar acima de 50 Kg;
Dormir bem na noite anterior a doação;
Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses;
A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação.

Outras condições, que também poderão impedir a doação, serão avaliadas na triagem antes da doação.
 
Para maiores informações: http://www.hemominas.mg.gov.br/hemominas/index.html ou pelo telefone 0800 310101.

Autor: João Emanuel